Novo Mercado

Notícias

10/11/17

Suzano Papel e Celulose realiza migração para Novo Mercado na B3


suzano.jpg

Da esquerda para direita Executivos da Suzano Papel e Celulose: Pablo Machado, diretor de Relações e Gestão Legal; Michelle Corda, gerente de Relações com Investidores; Marcelo Bacci, diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores; Walter Schalka, diretor-presidente; e David Feffer, presidente do Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose

São Paulo, 10 de novembro de 2017 – A B3 recebeu a Suzano Papel e Celulose, uma das líderes globais na produção de celulose de eucalipto, em cerimônia que marcou a migração de suas ações para o Novo Mercado, o mais elevado padrão de governança corporativa. As empresas listadas nesse segmento podem emitir apenas ações com direito de voto, as chamadas ações ordinárias (ON).

A cerimônia contou com a presença de Daniel Sonder, vice-presidente Financeiro, Corporativo e de Relações com Investidores da B3; David Feffer, presidente do Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose; Walter Schalka, diretor-presidente; Marcelo Bacci, diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores; Pablo Machado, diretor de Relações e Gestão Legal; Michelle Corda, gerente de Relações com Investidores; além de membros do Conselho de Administração e funcionários da Suzano, além de profissionais do mercado de capitais.

“A chegada da Suzano Papel e Celulose ao Novo Mercado é motivo de grande satisfação para nós. Saber que a empresa percebe valor em se juntar ao segmento que promove mais governança corporativa nos motiva a seguir trabalhando  para deixar o mercado cada vez mais robusto, transparente e equilibrado”, afirma Daniel Sonder, vice-presidente  Financeiro, Corporativo e de Relações com Investidores da B3.

“Hoje é um dia histórico na trajetória da Suzano Papel e Celulose. Ingressar no Novo Mercado abre uma série de oportunidades que reforçam nossa convicção de que podemos ajudar a construir um Brasil melhor”, afirma Walter Schalka, Presidente da Suzano Papel e Celulose. “Acreditamos na sustentabilidade nos negócios, no DNA de pioneirismo e inovação de nossa história e no engajamento de todos na transformação da empresa, das pessoas e da sociedade para pensar o futuro”, complementa Schalka.

David Feffer, Presidente da Suzano Holding e do Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose, acredita que a adesão ao Novo Mercado simboliza o início de uma nova fase da companhia. “Acreditamos na criação e no compartilhamento de valor e temos certeza que essa migração trará ótimos frutos para a empresa, para todos os investidores e para todos nós que temos orgulho de ser Suzano”, afirma

Com a migração de seus papéis para o Novo Mercado, a Suzano Papel e Celulose passa a ser a 138ª empresa listada no Novo Mercado.

BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.