Sustentabilidade

Notícias

12/09/17

B3 passa a integrar o índice de sustentabilidade FTSE4Good Emerging Latin America Index


São Paulo, 12 de setembro de  2017 – A B3 foi selecionada para integrar o índice FTSE4Good Emerging Latin America Index, que avalia o desempenho de empresas quanto às suas políticas e práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG, na sigla em inglês). 

“Passar a integrar o FTSE4Good Emerging Latin America Index mostra que a B3 está no caminho certo em seus esforços e ações na agenda da Sustentabilidade. Além disso, amplia a visibilidade da companhia na comunidade de investidores internacionais”, comenta Sonia Favaretto, diretora de Imprensa, Sustentabilidade, Comunicação e Investimento Social da B3

O FTSE4Good Emerging Latin America Index, criado pelo fornecedor de índices internacionais FTSE Russell, é da família do reconhecido índice de sustentabilidade da Bolsa de Londres, o FTSE4Good, lançado no mercado em 2001. A série foi projetada para medir o desempenho das empresas que demonstram práticas de alto impacto nos âmbitos econômicos, sociais e de governança. Para essa indicação, a B3 foi avaliada de forma independente de acordo com os critérios do FTSE4Good e cumpriu todos os requisitos para integrar a carteira do índice que inclui empresas de mercados emergentes na América Latina.

Os critérios para a entrada das companhias no índice são baseados em dados públicos das empresas e não aceita informações fornecidas de forma privada, dando mais credibilidade e a transparência ao processo. Além disso, são baseados em mais de 300 indicadores em 14 temas, fundamentados em três pilares: social, ambiental e de governança. A análise dos dados é feita por um comitê independente composto por especialistas da comunidade de investimentos, empresas, ONGs, sindicatos e academia.  

A B3 foi a primeira Bolsa do mundo a se tornar signatária do Pacto Global da ONU (2004), a primeira Bolsa de um país emergente a se comprometer oficialmente com os Princípios para o Investimento Responsável – PRI (2010) e a primeira Bolsa das Américas a se tornar signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres – WEPs (2017). No movimento de bolsas de valores, a B3 foi signatária fundadora, em 2012, da iniciativa Sustainable Stock Exchanges – SSE no âmbito da ONU e, desde 2014, é membro do Grupo de Trabalho de Sustentabilidade - SWG da Federação Mundial de Bolsas (WFE) e, a partir de 2016, tornou-se vice-presidente da iniciativa.

Para saber mais sobre o índice, acesse: www.ftserussell.com

*A B3 não participa do processo do ISE, pois ocupa a presidência do Conselho Deliberativo do Índice. O Conselho Deliberativo do ISE (CISE) é o órgão máximo de governança do índice, tem como missão garantir um processo transparente de construção do índice e de seleção da empresas e é composto por representantes de 11 instituições e presidido pela B3.

BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.