Taxa DI

Opções sobre Futuro de DI

  • O produto

    O ativo subjacente da opção é o Contrato Futuro de DI1 com vencimento posterior a data de vencimento da opção, podendo ser em até 3 meses (D11), 6 meses (D12), 12 meses (D13) ou variável em função do vencimento mais líquido (D14). Portanto, o objeto de negociação da opção é a taxa média DI compreendida entre a data de vencimento da opção e o vencimento do Contrato Futuro de DI

    Cada opção equivale a exposição a um Contrato Futuro de DI1, sendo o preço de exercício definido em taxa de juros. Por ser opções europeias, o exercício apenas ocorre no vencimento do contrato caso a opção vença dentro do dinheiro.

  • Características técnicas
    Objeto de negociaçãoO Contrato Futuro de Taxa Média de Depósitos Interfinanceiros de Um Dia (DI1), com vencimento determinado conforme o tipo de série da opção.
    Código de negociaçãoD11/ D12/ D13/ D14
    Estilo da opçãoEuropeu.
    Tamanho do contratoCada opção refere-se a um Contrato Futuro de Taxa Média de Depósitos Interfinanceiros de Um Dia.
    CotaçãoPrêmio da opção, expresso em reais.
    Variação mínima de apregoaçãoR$0,01.
    Lote padrão5 contratos.
    Último dia de negociaçãoSessão de negociação anterior à data de vencimento.
    Data de vencimento1º dia útil do mês de vencimento do contrato.
    Meses de vencimentoOs meses que se caracterizarem como de início de trimestre e que, ao mesmo tempo, tiverem o vencimento do Contrato Futuro de Taxa Média de Depósitos Interfinanceiros de Um Dia, objeto da opção, autorizado à negociação, exceto as séries do tipo 4.
    Liquidação no vencimentoFinanceira com abertura de posição no ativo subjacente.
    Liquidação no exercícioNa data de vencimento, o exercício da opção é realizado de forma manual pelo titular da opção, respeitando os horários pré-estabelecidos pela B3. O não exercício da opção incorrerá no encerramento das obrigações por parte do vendedor.
  • Vantagens do produto
    • Protege contra a oscilação de taxa de juros (hedge).
    • Possibilita proteção/exposição a taxa de juros a termo.
    • Combinando várias opções, é possível criar figuras de estratégias que possibilitam se proteger ou especular decisões de alteração na taxa básica de juros (Copom).
    • Após o pagamento do prêmio, não existe fluxo de caixa para as partes, referente a ajustes diários.
BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.