Ações

Ações

  • O produto

    Ações são valores mobiliários emitidos por sociedades anônimas representativos de uma parcela do seu capital social. Em outras palavras, são títulos de propriedade que conferem a seus detentores (investidores) a participação na sociedade da empresa.

    Elas são emitidas por empresas que desejam principalmente captar recursos para desenvolver projetos que viabilizem o seu crescimento.

    As ações podem ser de dois tipos, ordinárias ou preferenciais, sendo que a principal diferença é que as ordinárias dão ao seu detentor direito de voto nas assembleias de acionistas e as preferenciais permitem o recebimento de dividendos em valor superior ao das ações ordinárias, bem como a prioridade no recebimento de reembolso do capital.

    O primeiro lançamento de ações no mercado é chamado de Oferta Pública Inicial (também conhecido pela sigla em inglês IPO – Initial Public Offer). Após a abertura de capital e a oferta inicial, a empresa poderá realizar outras ofertas públicas, conhecidas como “Follow on”.

    As ofertas públicas de ações (IPO e Follow on) podem ser primárias e/ou secundárias. Nas ofertas primárias, a empresa capta recursos novos para investimento e reestruturação de passivos, ou seja, ocorre efetivamente um aumento de capital da empresa. As ofertas secundárias, por sua vez, proporcionam liquidez aos empreendedores, que vendem parte de suas ações, num processo em que o capital da empresa permanece o mesmo, porém ocorre um aumento na base de sócios

    A BM&FBOVESPA criou segmentos especiais de listagem da companhias – Bovespa Mais, Bovespa Mais Nível 2, Novo Mercado, Nível 2 e Nível 1. Todos os segmentos prezam por rígidas regras de governança corporativa. Essas regras vão além das obrigações que as companhias têm perante a Lei das Sociedades por Ações e têm como objetivo melhorar a avaliação das companhias que decidem aderir, voluntariamente, a um desses níveis de listagem.

    Além disso, tais regras atraem os investidores. Ao assegurar direitos e garantias aos acionistas, bem como a divulgação de informações mais completas para controladores, gestores da companhia e participantes do mercado, o risco é reduzido.

  • Características técnicas
    Código de negociaçãoXXXXY
    XXXX = 04 letras maiúsculas que representam o nome do emissor
    Y = 01 número que representa o tipo da ação, adotado 3 para ordinária; 4 para preferencial; 5, 6, 7, 8 para preferenciais classes A, B, C e D, respectivamente
    CotaçãoReais por Ação, com 02 casas decimais
    LiquidaçãoFísica e Financeira
    Prazo de liquidaçãoD+3, a partir da data de negociação
    MercadoA vista
    Lote padrãoDeterminado pelo emissor, sendo geralmente igual a 100. No mercado fracionário é possível negociar quantidades inferiores ao lote padrão
  • Vantagens do produto

    Vantagens do produto para as Empresas                                                               

    • Uma empresa de capital aberto tende a ter um diferencial competitivo, tendo em vista a transparência e a confiabilidade necessárias nas suas informações básicas fornecidas ao mercado, o que facilita os negócios e atrai o consumidor final gerando maior reputação;
    • A abertura de capital pode solucionar diversos problemas relativos a processos sucessórios, heranças e estratégias empresariais;
    • As companhias listadas nos segmentos diferenciados da BM&FBOVESPA recebem um Selo de Governança Corporativa que é reconhecido internacionalmente;
    • As ações negociadas podem integrar os índices da BM&FBOVESPA, os quais proporcionam às companhias visibilidade e maior demanda pelos seus papéis.

    Vantagens do produto para os Investidores

    • Potencial de boa rentabilidade no longo prazo;
    • Recebe dividendos periodicamente;
    • Não precisa de muito dinheiro para investir;
    • Pode comprar ou vender suas ações no momento em que desejar;
    • É possível emprestar suas ações e ganhar um rendimento extra;
BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.