Membros de compensação

Segmento Bovespa

Agente de compensação pleno

Exercem as atividades de liquidação para carteira própria e de seus clientes, bem como para contas de outras corretoras e investidores institucionais de grande porte, denominados clientes qualificados.

Exigências financeiras
  PL (Patrimônio líquido) Capital circulante líquido
Capital de giro próprio
Índice de imobilização
Agente de compensação pleno (instituição não bancária)
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões por participante de negociação ou investidor qualificado; ou
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões para cada R$ 100 milhões liquidados mensalmente por participante de negociação ou por investidor qualificado; ou
  • O maior entre os dois acima, limitado ao máximo de R$ 17 milhões
  • R$ 1 milhão e R$ 0,5 milhão por participante de negociação ou investidor qualificado; ou
  • R$ 1 milhão e R$ 0,5 milhão para cada R$ 100 milhões liquidados mensalmente por participante de negociação ou por investidor qualificado; ou
  • O maior entre os dois acima, limitado ao máximo de R$ 15 milhões.
Não há.
Agente de compensação pleno (instituição bancária)
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões por participante de negociação ou investidor qualificado; ou
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões para cada R$ 100 milhões liquidados mensalmente por participante de negociação ou por investidor qualificado; ou
  • Patrimônio líquido exigido, como definido no Anexo IV da resolução CMN nº 2.099, de 17/08/94, e legislação posterior (cálculo do Índice de Basiléia); ou
  • O maior entre os dois acima, limitado ao máximo de R$ 17 milhões
Não há.
  • Folga de Imobilizações, calculada de acordo com a resolução CMN nº 2.283;
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões por participante de negociação ou investidor qualificado; ou
  • R$ 3 milhões e R$ 2 milhões para cada R$ 100 milhões liquidados mensalmente por participante de negociação ou por investidor qualificado; ou
  • O maior entre os dois acima, limitado ao máximo de R$ 17 milhões

Agente de compensação próprio

Exercem as atividades de liquidação:

Exigências financeiras
  PL (Patrimônio Líquido) Capital circulante líquido
Capital de giro próprio
Índice de imobilização
Agente de compensação próprio e específico (instituição não bancária) R$ 3 milhões Igual ou maior que R$ 600mil Não há.
Agente de compensação próprio e específico (instituição bancária) R$ 3 milhões Não há.
  • Índice de Imobilização, como definido na Resolução CMN nº 2.283, de 05/06/1996, e legislação posterior, aplicando-se o mesmo percentual máximo requerido pelo CMN ou pelo Banco Central do Brasil; e
  • Folga de Imobilização, calculada de acordo com a Resolução CMN nº 2.283, mencionada acima, aplicando-se o requisito mínimo de R$ 1 milhão
Contribuições ao Fundo de Liquidação de Operações
  PL (Patrimônio Líquido) Capital circulante líquido
Capital de giro próprio
Agente de compensação pleno R$ 7,9 milhões Depósito adicional para o limite operacional de acordo valor liquidado
Agente de compensação próprio R$ 2,6 milhões

Autorizações de acesso - Derivativos e Ouro

Segmento de Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro

A instituição requerente de autorização de acesso para liquidação tipo 1, poderá liquidar operações de carteira própria, de carteira de empresas pertencentes ao mesmo conglomerado financeiro de que faça parte e de carteiras que sejam formalmente geridas ou administradas por ele ou por empresas pertencentes ao seu conglomerado financeiro.

A instituição requerente de autorização de acesso para liquidação tipo 2, poderá liquidar operações autorizadas para o Tipo 1 acima descritas, bem como de clientes cujo participante de negociação pleno pertença ao mesmo conglomerado financeiro.

A instituição requerente de autorização de acesso para liquidação tipo 3, poderá liquidar operações autorizadas para o Tipo 1 e 2 acima descritas, bem como de clientes de qualquer participante de negociação pleno, independentemente do conglomerado financeiro do qual faça parte.

Exigências financeiras
Categoria Capital de giro próprio (CGP) mínimo Patrimônio líquido (PL) mínimo
Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro tipo 1 R$ 10 milhões R$ 12,5 milhões
Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro tipo 2 R$ 12,5 milhões >R$ 15 milhões
Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro tipo 3 R$ 15 milhões R$ 20 milhões
Depósito de garantias
Categoria Garantia mínima não operacional Fundo de liquidação
Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro tipo 1 R$ 6 milhões R$ 4 milhões
Derivativos Financeiros e de Commodities e Ouro tipo 2 R$ 6 milhões R$ 4 milhões
DerivativosFinanceiros e de Commodities e Ouro tipo 3 R$ 6 milhões R$ 6 milhões

* CGP: capital de giro próprio.

Autorizações de acesso - ativos

Direito de liquidação (DL) vinculados à liquidação de títulos públicos federais:

DL tipo 1 da câmara de Ativos: confere ao detentor o direito de liquidar, junto à câmara de Ativos, as operações de carteira própria do detentor do DL.

DL Tipo 2 da câmara de Ativos: confere ao detentor o direito de liquidar, junto à câmara de Ativos, as seguintes operações:

DL tipo 3 da câmara de Ativos: confere ao detentor o direito de liquidar, junto à câmara de Ativos, as seguintes operações:

Autorizações de acesso - câmbio

DL tipo 1 da câmara de Câmbio: confere ao detentor o direito de compensar e liquidar, junto à câmara de Câmbio, as operações de carteira própria do detentor do DL.

 

BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.