Tarifas de Programa HFT

Política válida a partir de: 08/11/2017

O modelo de tarifação para investidores de alta frequência (high-frequency trader – HFT) impacta somente os investidores cadastrados como HFT.

Credenciamento

O investidor interessado em se tornar um HFT cadastrado na B3 deve solicitar sua inclusão no Programa HFT ao Participante no qual suas operações são liquidadas e suas eventuais posições, carregadas. O Participante é o responsável por realizar o pedido em nome do investidor, por meio da abertura de chamado no Serviço de Atendimento da B3, encaminhando também o Termo de Adesão assinado.

O investidor passará a integrar o Programa HFT apenas após a aprovação da requisição pela B3. A comunicação da decisão será feita ao Participante pelo Serviço de Atendimento da B3.

O investidor que desejar manter seus negócios liquidados por meio de diferentes Participantes deve solicitar a cada um o seu cadastramento como HFT na B3. Caso o investidor não solicite o cadastramento em determinado Participante, será tratado nele como um investidor comum.

O investidor deverá continuar a observar os requisitos e/ou os parâmetros estabelecidos pela B3 durante o período em que permanecer cadastrado no perfil HFT. Caso qualquer requisito ou parâmetro seja descumprido, a B3 poderá descadastrar o investidor como HFT, o qual será notificado, por meio do Participante por ele responsável, a respeito de seu desligamento do Programa.

O investidor descadastrado do Programa será tarifado como investidor comum a partir do dia útil seguinte à comunicação da decisão.

Critérios de apuração

Para mensurar o volume de negociação de cada investidor, será considerada a quantidade média diária de contratos negociados (ADV – Average Daily Volume), que definirá a faixa de preço que o investidor pagará por contrato.

O investidor deverá escolher o critério de apuração  no momento de sua solicitação de cadastramento ao Programa.

Apuração diária

O ADV é calculado ao final de cada dia com aplicação no mesmo dia. Assim, os emolumentos e a taxa de registro variável das operações serão dadas automaticamente pela aplicação do ADV desse dia à tabela preços por faixa de volume.

Apuração periódica

A tarifação é composta por duas etapas: medição e aplicação, com duração de dois meses cada. A quantidade negociada medida durante os dois primeiros meses é utilizada para definir o valor da tarifação a ser aplicado no 3º e 4º meses, e assim sucessivamente.  O ADV a ser aplicado é calculado pela soma do ADV no bimestre, dividido pelo total de sessões de negociação do bimestre.

O período de medição e aplicação será sempre fixo e ocorrerá nos bimestres Jan/Fev, Mar/Abr, Mai/Jun, Jul/Ago, Set/Out, Nov/Dez.

programa_hft_pt.png

Período de carência

O período de carência corresponde a um ciclo completo de medição (um dos bimestres determinados) posterior ao cadastramento do investidor em uma família de produto na qual ainda não tenha perfil HFT. Nesse período, o investidor terá, necessariamente, o critério de apuração diária para apurar o volume e o correspondente preço de negociação.

Durante esse período, o valor máximo (cap) de emolumentos e de taxa de registro variável aplicável ao investidor está limitado à segunda faixa da tabela de preços de cada produto.

Uma vez finalizado o período de carência, o investidor assumirá o critério de apuração definido em sua solicitação de cadastramento ao Programa, passando a observar a tabela de preços de cada produto, sem a limitação do cap.

Regras de consolidação do ADV

Em cada conta com perfil HFT, o ADV considerará tanto as operações day trade quanto as normais, com cada tipo de operação utilizando sua respectiva tabela de preço.

Assumindo que um investidor atue no Programa HFT por dois ou mais Participantes, ainda que não deseje consolidar o ADV entre os Participantes, o critério de apuração de volume (periódico ou diário) deverá ser o mesmo em todos eles. Caso o investidor deseje consolidar o ADV de mais de um Participante, o método de apuração deverá ser o periódico.

A medição de ADV não considerará o volume negociado em contas não cadastradas no perfil HFT, mesmo que estejam sob a estrutura de uma mesma conta máster.

Independentemente do método de apuração, o ADV calculado considera a soma de todas os contratos base negociados no período. Ou seja, para as famílias de Dólar e Ibovespa, além dos futuros, devem ser consideradas as rolagens e os minicontratos também. No caso dos minicontratos, deve-se somar a quantidade de contratos equivalentes em termos de nocional, ou seja, 5 minicontratos correspondem a um contrato na soma do ADV final. O mesmo vale para as rolagens, sendo que cada uma corresponde a 2 contratos na soma do ADV final.

Alteração de critérios de apuração

Caso o investidor deseje alterar o critério utilizado para apuração ou consolidação de suas contas com perfil HFT, deve solicitar ao seu Participante que abra um novo chamado no Serviço de Atendimento da B3. A alteração do critério de apuração não é automática.

De periódico para diário

A alteração deve obedecer às janelas de medição e aplicação. O investidor terá de cumprir a aplicação referente ao período de medição no qual se encontrava antes de a cobrança ser alterada.

De diário para periódico

A medição começará apenas no início do bimestre posterior, com aplicação somente no bimestre seguinte.

Parâmetros de Cálculo

Os requisitos para o Programa HFT são: porcentagem de day trade mínima e ADV mínimo, diferenciados por produto, conforme tabela abaixo:

Produto Day trade mínimo ADV mínimo
Família Dólar 90% 2.800
Família Ibovespa 90% 1.500
Boi Gordo (BGI) 80% 50
Café (ICF) 80% 25
Milho (CCM) 80% 150

Tabelas de preços

Para os investidores classificados como HFT, os emolumentos e taxa de registro variável possuem valores reduzidos, baseado no ADV calculado de acordo com um dos critérios de apuração definidos anteriormente. Ao contrário da tarifação não HFT, o modelo adotado é o regressivo, ou seja, o preço correspondente à nova faixa será aplicado a todos os negócios previamente realizados. As tabelas são aplicáveis somente para as operações day trade das contas classificadas como HFT.

Os produtos para os quais existem tabelas diferenciadas de preços são:

  • Dólar
  • Ibovespa
  • S&P 500
  • Petróleo

As tabelas dos produtos encontram-se nas respectivas páginas de tarifação.

Para os demais produtos que não possuam tabela diferenciada, o valor dos emolumentos e taxa de registro variável terão desconto de 70% em relação ao valor normal (considerando, antes, os demais descontos aplicáveis).

BM&FBOVESPA © 2016. Todos os direitos reservados. Termos e condições de uso.