> Siga a Bolsa:
> Site BM&FBOVESPA
 
 
 
galeria de fotos
Projeto
Tô Ligado!
 
Área de Atuação
Capacitação Profissional
 
Público-Alvo
Dirigido a 41 jovens, com idade entre 16 e 24 anos, moradores da periferia da grande Florianópolis.
 
Objetivo
Promover, por meio de capacitação e ações dirigidas, a inserção de jovens em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho, estimular o desenvolvimento pessoal e combater a violência.
 
Período de Realização
09/2005 até 01/2007
 
Valor do Investimento
R$ 23.620,00
 
Descritivo

A Celesc, preocupada em atender bem a todos os seus públicos e vivenciando por meio de seus profissionais os tentáculos da violência nesta comunidade, ameaçados por armas de fogo e ações violentas, estabeleceu por meio do seu Programa de Responsabilidade Social Empresarial uma ponte que permitisse a realização dos serviços com segurança e a construção de oportunidades, trilhando o caminho de impulsionadora de políticas públicas de trabalho para a juventude.

O Projeto Tô Ligado - Consórcio Social para a Juventude também revela ser uma estratégia importante de políticas públicas de trabalho para a juventude. Por meio de diálogo e da cooperação criativa entre a Empresa, a sociedade civil organizada e governos é possível experimentar iniciativas inovadoras e sustentáveis de inserção do jovem ao mercado de trabalho.

Construído a partir de uma parceria entre o Ministério do Trabalho e Emprego, o Centro Cultural Escrava Anastácia- CCEA, a Associação Catarinense de Construtores de Obras em Redes de Energia Elétrica - ACECORE e a Celesc, o projeto teve início em 29 de setembro de 2005 com o objetivo de capacitar 41 jovens, com idade entre 16 e 24 anos, do sexo masculino, moradores da periferia, com pouca escolaridade e em situação de vulnerabilidade social.

Dos 41 jovens que iniciaram a qualificação, 21 foram capacitados para o ofício de eletricista predial. Além da formação específica, os jovens receberam capacitação em ética e cidadania, educação ambiental, informática básica, elevação de escolaridade, marketing pessoal, relações interpessoais, atividades culturais e esportivas coletivas e individuais.

Os jovens recebem material didático-pedagógico, alimentação e transporte. De forma ousada, a Celesc construiu parceria com prestadores de serviço, por meio de sua entidade de classe, buscando a contratação desses jovens. A proposta é de consolidação de uma nova cultura empresarial, baseada na sustentabilidade, no respeito mútuo e na responsabilidade coletiva.

 
Principais Resultados

Na primeira etapa: 41 jovens inscritos, 21 jovens concluíram a qualificação, 14 jovens obtiveram certificado de conclusão, 7 jovens obtiveram certificado de participação, 15 jovens encaminhados para estágio probatório nas empreiteiras que prestam serviços para a Celesc e 13 jovens contratados. Na segunda etapa (eletricista de rede), foram 21 jovens inscritos.

A capacitação proporcionou oportunidades concretas aos jovens, mão-de-obra qualificada às empreiteiras e segurança aos trabalhadores da Celesc, no momento da prestação de serviços nas comunidades das quais os jovens são oriundos. O impacto é visível no que tange à formação desses jovens qualificados por uma Empresa de renome nacional, redundando na contratação efetiva dos 13 jovens pelas empresas prestadoras de serviço à Celesc e no incremento do currículo, garantindo qualidade na busca de inserção no mundo do trabalho.

As mudanças ocorridas na vida das comunidades de origem desses jovens, a partir da participação no projeto, o incremento na renda familiar e o retorno aos estudos foram importantes resultados, que se somaram a outras iniciativas e contribuíram para agregar valor à marca Celesc. Este é o tipo de projeto em que todos ganham: os jovens, com a capacitação e a oportunidade de emprego, as empreiteiras, a mão-de-obra qualificada, a Celesc, agrega valor e confiabilidade a sua marca, e os governos, por receberem apoio na construção de políticas públicas e sociais.

 
voltar
Nota: as informações, imagens e fotos contidas nas páginas deste site foram fornecidas pelas empresas listadas na BM&FBOVESPA. A BM&FBOVESPA não se responsabiliza pela autenticidade, exatidão e integralidade das informações divulgadas pelas companhias listadas, pelo conteúdo e autorização de uso das imagens e fotos exibidas pelas referidas empresas, não sendo responsável por eventuais ofensas aos direitos autorais de terceiros.